Mais de 716 mil empresas podem ser excluídas do Simples Nacional

Mais de 716 mil empresas podem ser excluídas do Simples Nacional

Na última segunda-feira, 17 de setembro de 2018, a Receita Federal começou a notificar micro e pequenas empresas que poderão ser excluídas do Simples Nacional por estarem inadimplentes com seus impostos.

Ainda de acordo com a Receita, as 716.948 mil empresas que receberem essa notificação tem o prazo de 30 dias para quitar os débitos e regularizar sua situação.

O pagamento poderá ser feito à vista, a prazo ou até mesmo por compensação e os empresários que regularizarem suas dívidas dentro do prazo poderão permanecer no Simples Nacional.

Já os que nem ao menos iniciarem os pagamentos dentro dos 30 dias, serão excluídos a partir de 1 de janeiro do ano que vem. Assim, comecarão 2019 já enquadrados no Lucro Presumido.

Os empresários e contadores podem chegar a lista das empresas nessa situação diretamente pelo Portal do Simples Nacional, ou pelo e-cac por meio de código de acesso ou certificado digital.

Criado em 2007 e atualmente permitido para empresas que faturam até  4,8 milhões ao ano, o Simples Nacional é o regime tributário que veio para desburocratizar a vida do micro e pequeno empresário por meio da reunião dos oito tributos )municipais, estaduais e municipais) em uma guia única de pagamento de impostos a DAS.

Para mais informações sobre o Simples Nacional ou sobre o status da sua micro ou pequena empresa, entre em contato agora mesmo com o Simplificador!

Leave a Reply