Como montar estúdio de música

Montar estúdio de música é o sonho de muitas pessoas que trabalham no meio musical, mas, assim como qualquer negócio, a abertura do estúdio também envolve uma certa burocracia.

Veja, nesse post, como montar estúdio de música e qual é a documentação necessária para formalizar o negócio!

Como funciona um estúdio de música

Um estúdio de música é o local onde o mercado fonográfico começa a funcionar. É lá que são criados os áudios utilizados nas músicas que você escuta em CDs e em aplicativos de computador e celular. 

O local é totalmente projetado para receber músicos, cantores, instrumentos musicais e todo tipo de produto ou profissional envolvido na criação de faixas musicais.

Além das faixas musicais, o estúdio de música também pode ser o responsável por gravar jingles políticos, propagandas de televisão, anúncios no YouTube, programas de entrevistas e até mesmo os famosos podcasts.

Estrutura para montar um estúdio de gravação 

Para montar um estúdio de gravação, é preciso ter uma estrutura específica, afinal, ele deve oferecer conforto para os ocupantes e, principalmente, isolamento acústico para que o som fique perfeito.

Além disso, o ideal é que o local tenha equipamentos de última geração ou, pelo menos, equipamentos com boa qualidade. Alguns itens essenciais são: computador, interface de áudio, amplificadores, software de áudio, microfone, fones de referência e plugins e loops.

Itens opcionais são: uma boa sala de espera, um estacionamento e um sistema de monitoramento para garantir a segurança dos músicos que passarem pelo local.

Quanto se gasta para montar um estúdio de música?

O investimento em um estúdio de música varia muito em relação ao tamanho e à qualidade dos equipamentos (novos ou usados) adquiridos para o negócio. Porém, pode-se dizer que um bom valor inicial para que você comece a montar estúdio de música seja de R$ 30 mil a R$ 50 mil.

Com esse valor, já é possível montar a estrutura do estúdio e alugar o local. Mas também será preciso ter um capital de giro para fazer investimentos, contratar e manter colaboradores e para fazer manutenções no espaço.

Além disso, o marketing do estúdio também deve ser considerado. Se você quiser um trabalho focado em redes sociais, poderá gastar a partir de R$ 2 mil. Mas, se preferir um escopo mais completo, é possível que o investimento mensal seja de mais de R$ 5 mil.

Como montar estúdio de música: documentação necessária 

Para abrir o seu estúdio musical, você vai precisar reunir uma série de documentos para abrir o CNPJ da empresa, como documentos de identificação, comprovante de endereço e certidão de nascimento atualizada. 

Além disso, também deverá reunir mais alguns documentos. Veja quais são eles:

  • Comprovante de registro no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS);
  • Contrato Social;
  • Inscrição Estadual;
  • Alvará de funcionamento;
  • Licença dos bombeiros;
  • Comprovante de registro na Junta Comercial.

Cada um desses documentos demanda um processo específico para obtê-lo. Em alguns casos, é possível fazer a solicitação do documento pela internet, mas, em outros, você vai precisar ir até a entidade responsável.

Gostou do conteúdo e quer a ajuda de uma empresa de contabilidade on-line para abrir o seu estúdio musical? Então, continue no site do Simplificador para conhecer mais sobre nossos serviços!

Quer uma contabilidade online que fale a sua língua e entenda suas necessidades? Aqui no Simplificador você encontrará profissionais especializados no seu tipo de empresa!